Condenado no mensalão, Henry tem autorização para trabalhar em hospital

Ex-deputado foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão no semiaberto. Henry vai receber salário de R$ 7,5 mil para trabalhar das 7h às 17h.

A Justiça de Mato Grosso autorizou o ex-deputado federal Pedro Henry (PP), condenado no esquema do mensalão a 7 anos e 2 meses de prisão no regime semiaberto, a trabalhar como coordenador de Clínica Médica do hospital particular Santa Rosa, em Cuiabá. Pedro Henry, acompanhado por dois advogados, participou de uma audiência na tarde desta quarta-feira (8) na Vara de Execuções Penais, no Fórum da capital. O emprego deve render ao ex-deputado um salário de R$ 7,5 mil.

Fonte: G1

 

Agora me responda com franqueza: não dá uma vontade desesperada de ser político nesse país da impunidade? Para que estudar, se basta apenas fazer um curso de cínico da hora, se candidatar a um cargo político, se eleger e ser feliz para sempre? No azar de ser um político desprevenido e/ou por burrice mesmo, ainda dá para sofrer com tranquilidade, pagando pena trabalhando de mentirinha num emprego com retorno de míseros 7,5 mil…

Mensagem navegação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *