Deputado diz que ladrão o obrigou a fazer fotos com DVD pornô gay

O deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV), que foi assaltado em sua casa em Taubaté, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (9), diz ter sido obrigado a fazer fotos segurando vídeos pornográficos homossexuais levados pelos criminosos.

Ao menos cinco assaltantes invadiram a casa do político armados com fuzis e revólveres. Dois ficaram do lado de fora da casa. De acordo com Lobato, eles levaram DVDs pornôs e pediram para que ele segurasse o material enquanto era fotografado. Até as 16h45 desta sexta, ninguém havia sido preso.

“Eles trouxeram alguns vídeos pornográficos homossexuais, me obrigaram a segurá-los e me fotografaram com os vídeos na mão. Eles também me agrediram com palavras de baixo calão”, afirma o deputado.

Ainda segundo o deputado, os assaltantes disseram que, se a polícia fosse chamada, o material ia ser publicado na internet e eles voltariam para matá-lo. “Mas não estou com medo, estou muito tranquilo”, diz.

Fonte: G1

Acho que seus seguidores não encontrarão problema algum em acreditar na sua versão. Afinal, eles acreditam em Adão, Eva e… e outras coisas mais cabeludinhas…

Mensagem navegação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *