Empresa norte-americana lança pirulito sabor leite materno

Uma empresa de São Francisco, nos Estados Unidos, está oferecendo um produto bastante curioso. Especializada em pirulitos, a Lollyphile apresentou o sabor leite materno entre os produtos de edição limitada da companhia.

Jason Darling, proprietário da empresa, afirmou ter criado um pirulito que poderá trazer o doce sabor da infância. Ele conta ter tido a ideia ao perceber o efeito que o leite materno tinha nos filhos de suas amigas . “Lentamente me ocorreu que elas estavam produzindo um leite tão delicioso que podia transformar crianças gritantes e furiosas em dóceis e contentes”, relata.

Fonte: Diario de Pernambuco

Um salto no tempo e vamos ao ano de 2033. Um jovem chega a um parque e senta-se ao lado de uma jovem mãe solteira que está amamentado o seu bebê. Ela percebe o semblante triste do rapaz:

— Algum problema, amigo?
— Desculpe-me — disse ele, envergonhado —, é que quando vejo uma mulher amamentando eu fico um pouco deprimido.
— Que coisa absurda! — disse a garota.
— Desculpe-me novamente. Acho que me expressei mau. É que quando eu era bebê, surgiu aquele tal pirulito sabor leite materno. Minha mãe era muito vaidosa e preferiu usá-lo ao invés de me amamentar. 
— Que horrível! — disse a jovem — Quer dizer que você nunca recebeu leite materno diretamente da sua mãe?
— Exatamente. E isso me deixa arrasado. Acredito que nunca serei uma pessoa normal.

Sensibilizada, a garota se prontificou a resolver aquele problema:

— Escute. Eu sou mãe solteira e não vou ter qualquer problema em acabar com esse seu trauma. Eu poderia ceder meu outro seio para você sentir como é ser amamentado.
— Puxa! Você faria isso por mim? — animou-se o jovem.
— Claro, claro. Sem problema. — respondeu a jovem, enquanto já apresentava o segundo seio para o jovem carente.

Ele não pensou duas vezes. Caiu de boca naquele seio maravilhoso. Após alguns instantes a jovem começou a sentir sensações bem diferentes da que estava sentindo com o seu bebê incrustado no outro seio. Ela não conseguiu se segurar e perguntou com a voz trêmula de prazer:

— E esse meu novo bebê? Vai querer mais alguma coisa?

O rapaz não pensou duas vezes. E mandou ver:

— Você tem um biscoitinho por aí?

Mensagem navegação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *