Superlotação adia enterros em Santo Amaro, maior cemitério do Recife

Local tem 19.400 túmulos e ampliação prevê a construção de mais 1.740. Prefeitura diz que não nega sepultamentos, mas local é o mais procurado.

Estão faltando vagas no maior e mais antigo cemitério do Recife, o de Santo Amaro. Inaugurado em 1851, tem 19.400 túmulos e, desses, 3.400 são jazigos perpétuos. Como fica na área central da cidade, muitas famílias preferem enterrar os mortos no local.

O presidente do Sindicato das Casas Funerárias de Pernambuco, Ubirajara Félix dos Santos, confirma o problema. “Lamentavelmente, a família também fica numa situação muito delicada na hora da perda de seu ente querido”, disse.

Fonte: G1

Era só o que faltava, o morador do Recife agora tem que agendar o dia da morte, do contrário terá que enfrentar fila para ser enterrado. Se a Dilma souber disso criará o Ministério da Enterrabilidade Urbana…. Pensando bem… Será que esse Ministério não já foi criado?

Mensagem navegação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *