Urina será usada para gerar energia elétrica

Cientistas da Universidade de Bristol, na Inglaterra, realizaram experimentos bem sucedidos que envolvem a produção de electricidade a partir da urina.

De acordo com os sites Ubergizmo e BBC, os pesquisadores trabalham com a possibilidade de usar a urina como combustível para que células microbianas (MFCs, na sigla em inglês) produzam energia elétrica. Os MFCs são, na verdade, o mesmo tipo de bactéria encontrada em locais como o intestino humano, águas residuais de esgoto e até mesmo no solo.

Até o momento, os testes iniciais mostraram resultados positivos ao produzirem pequenas quantidades de energia, embora uma pesquisa adicional – que envolve uma grande quantia em dinheiro para ser realizada – seria necessária para provar que a urina é capaz de gerar energia em maior escala.

O Dr. Loannis Leropoulos, um dos envolvidos na pesquisa, afirmou estar animado com o potencial do trabalho. “A urina é rica em substâncias quimicamente favoráveis aos MFCs. Através desse estudo, fomos capazes de mostrar que pela miniaturização e multiplicação do número de MFCs, regulando seus fluxos de urina, é possível gerar escalas de produção com níveis suficientemente úteis para se criar energia em uma aldeia de pequeno porte, por exemplo”, explicou Leropoulos.

Fonte: Olhar Digital

Aproveito o momento para registrar, via internet, minha mais recente descoberta: o Vibrador Autossustentável.

Mensagem navegação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *